14.12.05

FALANDO SERIO

RESPEITO À NATUREZA

Há um número impressionante de catástrofes da natureza. São enchentes, terremotos, seca, inundações, calor excessivo no inverno e frio exagerado no verão, tudo em escala nunca vista anteriormente. Seria o Juízo final? Ou um aviso da mãe natureza?De acordo com o Presidente Lula, é um aviso da natureza, o que lhe proporcionou severas criticas, sendo chamado até de desinformado por alguns, quando disse que desastres como o que matou mais de 160 mil pessoas na Ásia, é um lembrete para tratarmos com carinho a natureza.Se ele esta desinformado ou não, ou se não é bem assessorado, não importa. O Lula “mandou bem”, pois se os fins são bons os meios se auto justificam.

AEROLULA II

Semana passada divulgamos o quanto já havia sido gasto como o Airbus presidencial. O preço final do “Santos Dumont”, nome de batismo do “aerolula” é de R$ 164,30 milhões. O governo justifica economia a longo prazo de 50% nos vôos internacionais que fará o Presidente e sua comitiva, além do que o avião poderá servir aos Presidentes do Brasil nos próximos 30 anos.

FALANDO EM PRESIDENTE

O Presidente do diretório regional do Partido Trabalhista Brasileiro (PTB), Antonio Cruz declarou na semana passada que não pensa em candidatura própria para o governo. Também pudera. Se tivesse candidato seria o próprio Cruz, logicamente, que com pouco mais de cinco mil votos que obteve para prefeitura de Campo Grande, não se elegeria nem a diretor de uma associação de moradores da Capital.

PTB EM PONTA PORÃ

Aqui a coisa também não é diferente apesar de ter feito um único vereador, o partido está sem comando. Temia-se que o vereador Ramão de Deus também trocasse de partido seguindo o exemplo dos demais petebistas do Estado.

AGUA

O Aqüífero guarani é um gigantesco manancial de bilhões de águas subterrâneas e se localiza no Brasil, no nordeste da Argentina, no Uruguai e no Paraguai.Na semana passada manifestei preocupação com a degradação do rio São João Mirim, dizendo que o Aqüífero Guarani agradece se cuidarmos do nosso riacho.Chegaram alguns e-mails de leitores interessados no assunto. O que mais chamou atenção foi o posicionamento do leitor que subscreve Fernando Augusto, morador do centro da cidade, sugerindo que não devemos nos preocupar com o rio "São Joãozinho” degradado, serve apenas para desova de lixo e de defuntos. O leitor afirma ainda que a camada rochosa bastante espessa serve de filtro natural impermeabilizando o manancial que atinge a profundidade de até 1800m.Mas se levarmos em conta o aumento da população da Terra e conseqüentemente o aumento do consumo da água potável, logicamente que o Aqüífero Guarani será deteriorado. Além do que existem áreas de recargas onde a água da chuva se infiltra para chegar ao subterrâneo e sob esse aspecto, sim é possível que a poluição venha a atingir o manancial.Fala sério, Fernando, todo argumento é válido para chamar a atenção dos nossos governantes para o rio São João, desde o Aqüífero Guarani, que está bem aqui embaixo, até a poluição do Tietê em São Paulo a deterioração do nível do Nilo no Egito.A verdade é que nós pontaporanenses precisamos valorizar o que temos, mesmo que não tenhamos muito, veja o caso do “prefeitão” de Anaurilandia, Edinho Takazono que inaugurou o balneário municipal às margens do rio Paraná. E está fazendo o maior sucesso.

AGRADECIMENTOS

Não pode existir maior defeito no ser humano que a ingratidão, por pensar assim é que me sinto na obrigação de agradecer os E-mails e outras demonstrações de apreço pela coluna Falando Sério. Interessante que cada pessoa se manifesta a sua maneira. Informamos que este espaço é de toda a comunidade fronteiriça, e esperamos sua participação

Nenhum comentário: